Beber água com rodela de limão pode corroer os dentes, diz estudo

Pesquisadores descobriram que tomar bebidas ácidas, como chás de frutas e águas aromatizadas, pode corroer os dentes e prejudicar seu esmalte. Uma equipe da King’s College, uma universidade de Londres, no Reino Unido, descobriu que tomar essas bebidas entre as refeições e saboreá-las por muito tempo aumenta o risco de erosão dentária por causa do ácido. Na pesquisa, publicada no British Dental Journal (periódico especializado), investigou-se a dieta de 300 pessoas com erosão dentária severa. Concentrados, chás de frutas, bebidas diet, bebidas com açúcar e águas aromatizadas são todos ácidos…

Ler mais

Vírus mais agressivo da dengue passou a ser mais frequente, mostram dados do Ministério da Saúde

O vírus tido como mais agressivo da dengue, o sorotipo 2, está circulando com mais frequência no país e dados até agora indicam que ele ultrapassou o sorotipo 1, considerado menos agressivo. Desde 2009, o sorotipo 1 é o que mais circula no Brasil. Segundo o Ministério da Saúde, dados apontam que o sorotipo 2 respondeu a 54,3% das infecções em 2017; contra 40,1% dos contágios com o sorotipo 1. “Os resultados das amostras conclusivas mostram uma predominância do DENV2, sobre os outros sorotipos, especialmente o DENV1, que foi dominante…

Ler mais

Medicamento usado para tratar refluxo ácido, gastrite e úlceras estomacais eleva risco de câncer de estômago

Um medicamento muito usado em todo o mundo para tratar refluxo ácido, gastrite e úlceras estomacais está associado a uma doença ainda mais grave. De acordo com uma pesquisa da Universidade de Hong Kong e da University College London, as drogas do grupo de inibidores de bomba de próton (IBP), como o Omeprazol, Pantoprazol e Lansoprazol, podem aumentar em até 2,4 vezes o risco de desenvolver câncer de estômago. Apenas no Reino Unido, são mais de 50 milhões de prescrições desse tipo de remédio todos os anos. A descoberta já…

Ler mais

Beber com frequência (mas pouco) reduz risco de diabetes, indica pesquisa

Pessoas que bebem de três a quatro vezes por semana são menos propensas a desenvolver diabetes do que aquelas que bebem com menos frequência ou não bebem, sugere um novo estudo realizado por especialistas dinamarqueses. Eles concluíram que beber moderadamente com essa frequência reduziu em 32% o risco de diabetes em mulheres e de 27% em homens – em comparação àqueles que consomem álcool menos de uma vez por semana. E mostraram ainda que o risco da doença era menor quando mulheres consumiam nove drinques por semana, enquanto que para…

Ler mais

Excesso de açúcar pode levar à depressão

R7 Um novo estudo mostrou que as dietas com alto teor de açúcar, ligadas ao consumo de refrigerantes e doces, podem estar associadas a um maior risco de problemas mentais comuns, como ansiedade e depressão leve. A pesquisa foi feita com homens. O trabalho, liderado por Anika Knüppel, do University College London (Reino Unido), foi publicada ontem na revista Scientific Reports. “Os resultados mostram efeito adverso de longo prazo na saúde mental dos homens, ligado ao excessivo consumo de açúcar proveniente de alimentos e bebidas doces”, disse Anika ao Estado.…

Ler mais

Cigarro, álcool e HPV aumentam risco de câncer de cabeça e pescoço

Fernanda Cruz – Repórter da Agência Brasil A prevenção ao tabaco, a bebidas alcoólicas e ao papilomavírus (HPV) faz parte do alerta do julho verde, mês em que são reforçadas as campanhas contra o câncer de cabeça e pescoço. O Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima que mais de 10 mil pessoas tenham morrido de câncer de laringe e cavidade bucal em 2015, de acordo com o levantamento mais recente. Os tumores do câncer de cabeça e pescoço manifestam-se em lesões na boca, na faringe, na laringe e na tireoide.…

Ler mais

Minas Gerais confirma mais quatro mortes por febre chikungunya

Mais quatro mortes por febre chikungunya foram confirmadas em Minas Gerais, de acordo com boletim epidemiológico divulgado hoje (17) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG). Dessa forma, chega a cinco o número de mortes em território mineiro em 2017. Há duas semanas, o órgão havia confirmado o falecimento do primeiro paciente vítima da doença. Todos as cinco mortes confirmadas até o momento ocorreram no município de Governador Valadares. Estes são os primeiros registros de óbitos causados pela febre chikungunya em Minas Gerais. Os primeiros casos confirmados da doença no…

Ler mais

Temperaturas mais baixas aumentam risco de infarto, alerta Roberto Kalil

A chegada do inverno é acompanhada, para a maioria das pessoas, de gripes e resfriados. No entanto, a queda nos termômetros também pode indicar o aumento do risco de desenvolvimento de doenças mais graves, como o infarto agudo do miocárdio. Isso é o que aponta recente estudo da Universidade de Manitoba, localizada no Canadá. A diminuição de 10oC na temperatura está associada a um aumento de 7% no número de infartos. R7

Ler mais

Anvisa aprova registro de novo medicamento para diabetes

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o registro de um novo medicamento para controle do diabetes mellitus tipo 2 nesta segunda-feira (17). O medicamento Soliqua será uma nova opção para o tratamento da doença. Ele será fornecido com uma caneta aplicadora e é composto por duas moléculas na formulação: a insulina glargina e a lixisenatida. De acordo com a Anvisa, o remédio deverá ser usado em adultos para melhorar o controle glicêmico quando outras opções de tratamento não estejam mais funcionando. A partir de agora, o produto segue…

Ler mais

Chocolate melhora o sono e a memória

Você tem insônia ou lapsos de memória? Segundo um novo estudo da Universidade de L’Aquila, na Itália, o chocolate pode ajudar a melhorar o sono e a saúde do cérebro. Os pesquisadores acreditam que substâncias presentes no cacau, conhecidas como flavonoides – composto com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias que combatem os radicais livres e -, melhoram a atenção, a rapidez do processamento cerebral, a memória de trabalho e a fluência verbal em pessoas mais velhas. Veja

Ler mais