Idoso de 88 anos é encontrado morto após desaparecer na Bahia; polícia apura se vítima foi atacada por abelhas

Um idoso de 88 anos foi encontrado morto na zona rural do município de Antônio Cardoso, a cerca de 120 km de Salvador, nesta quarta-feira (13), e a polícia apura se ele foi vítima de um ataque de abelhas.

José Mota da Silva estava desaparecido desde segunda-feira (11) e, conforme a polícia, na terça (12), um filho dele compareceu na delegacia da cidade para registrar boletim de ocorrência sobre o sumiço do idoso.

O homem foi visto pela última vez por volta das 8h da manhã da segunda, quando saiu de casa, no distrito de Bonfim de Feira, em Feira de Santana, alegando para os familiares que iria até a localidade de Barra, em Antônio Cardoso.

O corpo de José Mota da Silva, que segundo o filho era hipertenso e tinha problema de visão, foi encontrado em um matagal no povoado de Santa Barbara, num local próximo a árvores com enxames de abelhas. A polícia disse que o corpo estava bastante inchado e com várias marcas de picadas.

O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana, que fará uma perícia para saber se realmente a morte correu em função de um ataque dos insetos.

Caso em Salvador

Uma idosa de 74 anos morreu depois de ser atacada por abelhas na porta de casa, no bairro do Barbalho, na capital baiana. Uma criança de nove anos também foi picada por um dos insetos, mas passa bem.

De acordo com moradores do bairro, a colmeia ficava em um terreno atrás das casas que ficam na rua em que a vítima vivia. Os moradores acreditam que os insetos atacaram a comunidade por conta de uma obra de construção de um supermercado.

O caso ocorreu na sexta-feira (8). A vítima, Igna Santos, chegou a ser socorrida para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Ela morreu no domingo (10).

Por G1 BA

Notícias Relacionadas

Leave a Comment